MVP no jargão empresarial, é o acrônimo de Minimum Viable Product, que traduzindo para o português, significa: PRODUTO MÍNIMO VIÁVEL.

Ok, mas o que isso significa e como pode impactar meu projeto?

Naturalmente quando começamos a criar algo ou a pensar em um projeto nós o idealizamos de forma perfeita. Deixamos nossa imaginação fluir e ela consegue imaginar os mínimos detalhes, idealizando uma empresa sem falhas, com todos os departamentos alinhados, os melhores produtos, grande variedade de ofertas, clientes chegando, as vendas acontecendo e por ai vai…

Porém, logo nos primeiros passos, surgem os problemas iniciais, as primeiras dúvidas e incertezas (inerentes a todo e qualquer negócio) e isso MUITAS vezes gera insegurança travando o andamento do projeto.

Um MVP deve entregar qualidade desde o início!

Ter a consciência que nenhuma empresa começou grande e que falhas irão ocorrer é de suma importância. O mais importante é INICIAR, VALIDAR O MODELO e EVOLUIR.

A aplicação prática do MVP consiste começar um projeto ou lançar um novo produto ou serviço com os  menores recursos possíveis, testando o negócio antes de realizar um investimento maior.

Um MVP é uma versão mínima do produto, apenas com as funcionalidades necessárias para que ele cumpra a função para a qual foi planejado. A partir do MVP testa-se a eficiência do produto, sua usabilidade, aceitação no mercado, comparação com a concorrência, entre outras formas.

Num projeto de e-commerce (nosso mercado) muitas coisas podem ficar para um segundo momento, por exemplo: contratar um(a) modelo mais cara, colocar uma grande variedade de produtos, disponibilizar todas as formas de pagamentos possíveis, contratar uma grande equipe de colaboradores, trabalhar com diversas formas de entrega e por ai vai.

Sendo assim, procurar uma agência e receber uma consultoria especializada em implantação de projetos é indispensável. Através dela será realizado de um planejamento, definindo o que é OBRIGATÓRIO, ESTRATÉGICO e DIFERENCIAL.

OBRIGATÓRIO

Tudo que entra nessa categoria é básico e obrigatório. São ferramentas, recursos e ações que são indispensáveis para o início do projeto.
“Sem elas não é possível começar.”

ESTRATÉGICO

Aqui entra tudo que é dispensável no começo mas que a médio / longo prazo representa uma importante vantagem para sua empresa em relação aos concorrentes e aos olhos dos clientes.
“Podemos começar sem isso, mas assim que possível, vamos fazer.” 

DIFERENCIAL

Aqui entram todas as maravilhas idealizadas. Tudo nessa categoria será perfeito caso exista. Mas caso não exista, não inviabiliza o início do projeto e nem sua continuação.
“O projeto pode começar e continuar sem elas.”

 

Depois desta de análise, devemos colocar a mão na massa, lançando o projeto / produto no mercado buscando sua validação. Com o feedback recebido o produto continua a ser desenvolvido e aprimorado em um ciclo constante. Gerando um projeto cada vez mais maduro e que pode receber maiores investimentos, inclusive em marketing.

E aí, isso fez sentido para você?

Precisa de mais alguma ajuda?  A Dzaine.net pode te ajudar! Entre em contato através do site ou e-mail.
Boas vendas! ?